COLAB: Lari Cunegundes para A Fine Mess

Outubro está sendo um mês muito importante para mim. Ainda não contei aqui no blog, mas quem me acompanha no Instagram viu que eu fiz uma colab mega especial com as meninas da A Fine Mess.

Não conhece A Fine Mess? Se não, deveriam! A Fine Mess é uma marca slow fashion, que preza  pelo consumo consciente, ou seja, pensar na hora de comprar um produto é muito importante. O que adianta você compra uma brusinha linda e no final do mês você praticamente descartar ela?! Isso não é legal! Nós já produzimos muito lixo, e evitar ele é o ideal!  Cadê as básicas de plantão? Se você está procurando marcas com a pegada #slowfashion, essa é uma delas!

Agora vamos ao foco desse post. Como disse acima, fiz uma colab com essas meninas e o resultado é essa calça mom jeans candy rosé! Alguém tem dúvida que eu amo rosínea? Acho que não, né? Se você não curte rosa, esse não vai ser o problema, porque tem na cor preta e branca. #socorro!

A última dica é que vocês, seguidores do meu amado coração, têm desconto de 20% em qualquer peça! Use o código: AFMOUTUBROROSA e garanta a sua calça mom jeans!

Ps: esse desconto vai até o dia 31 de outubro, e você pode usar quantas vezes quiser!!

Beajos

 

 

0 comment

Como usar: Vermelho na primavera

E a primavera deu as caras em mais um ano!!! Oba, eu adoro essa estação e já já chega o verão, que eu amo! Não sou muito fã de frio não, mozys, gosto mesmo é de calor humano!! Hahahahaha

Estou em uma vibe de amor por cores vibrantes. O vermelho é uma das cores que mais estou usando e amando! Quem me acompanha no Instagram sabe que eu amo um lookíneo minimalista todo vermelho. E essa cor é a cara da primavera, não é? Desculpa, Pantone, mas a cor do ano não é greenery. A cor do ano, e de todas as estações, é o vermelho.

Parece difícil combinar essa cor, mas não é!! O vermelho é sofisticado, marcante e total sedutor. A cor quebra a sobriedade de qualquer produção! Eu, que não sou boba e nem nada, já entrei nessa vibe do vermelho faz tempo!! Separei alguns dos meus looks para vocês se inspirarem!

ALL RED

Nada como um look todo vermelho da cabeça aos pés. Eu amo! E vocês? Não tenham medo de ousar! Procure a peça que mais cai bem no seu corpo na cor vermelha e se joga!

Vermelho + Rosa

O que falar dessa combinação? Total funny, o body rosa deixa o look mais descontraído, mas sem perder a elegância! Aproveitei e apostei na bota de veludo molhado, na cor vinho, e ficou maravilhoso!!

Vermelho + branco

Uma combinação que não tem erro é: vermelho + branco! Se você aí tem medo ousar, comece por essas duas cores, elas são uma combinação perfeita, ótima para todas as ocasiões. Eu amo t-shirts, não vivo sem uma, pois elas são práticas e fáceis de combinar! E, para arrematar esse look, aposte em jaquetas jeans oversized ou aquela bomber old school!

Vermelho + Preto

Outra cor super fácil de combinar com vermelho é o nosso amado pretinho!! E, para a produção não ficar sem graça, apostei nessa blusa com transparência, usando, por baixo, um body. Na cintura, uma bomber  transparente também!

No outro look, usei esse macaquinho patancourt, super levinho para essa estação. E, caso o tempo esfrie, só amarrar aquela jaquetinha jeans na cintura e bora pra rua!! O all star com flatform deu toque a mais no lookíneo. Eu amo esse tênis!

Mochila vermelha

O Vermelho na bolsa e na saia temos! Lindo, fácil e prático = amo <3

Vermelho nos pés

A melissa Hoodie dá um up em qualquer look, ainda mais em produções que predominam tons claros! Bota vermelha deixa o look mais cool! #aposte

Foto por: Say Lury / Soraia

Viu como não é difícil usar vermelho? Agora abra o seu guarda roupa e se jogue nessa cor!

Beajos

Onde encontrar peças vermelhas?

Zattini

Neptunia

Loja Três

Calistore

O Jambu

 

 

1 Comment

Como usar: Blusa 3/4

O clima em São Paulo está variando muito, né? Você acorda e não consegue prever o que te espera durante o dia. Para isso, fiz dois lookíneos com as  blusas da Romwer que dá para você usar nas “quatro estações” que aparecem durante o dia! Então vamos lá! #risos 

Blusa meia gola 

 

Nada de  cardigan ou  jaqueta, para dias  de meio sol, se a peça  que você tem  é de tecido mais encorpado, não use sobreposições! Claro, se você saiu de casa e estiver muito frio, óbvio que pode colocar um casaco por cima, mas se o sol já apareceu e o dia esquentou, vá sem jaqueta! Não se preocupe!

E para não deixar a roupitcha sem graça, apostei na calça mom jeans e no tênis de veludo rosé! Essas cores super ornaram com o look. Eu amey! E vocês?

Blusa Moletom

Essa opção é perfeita para meia-estação. Levinha e versátil, essa blusa une duas cores que eu amo muito: cinza e rosa millennial. Quem me acompanha sabe que essas cores fazem parte da minha vida!

Fotos por: Julia Sayuri

Onde encontrar:

Blusa amarela: http://www.romwe.com/Yellow-Funnel-Neck-Drop-Shoulder-Lantern-Sleeve-Patch-Sweatshirt-p-202830-cat-673.html

Moletom: http://www.romwe.com/Color-Block-Drop-Shouder-Sweatshirt-p-189196-cat-673.html

O legal desse moletom é que você pode usar outra peça por baixo. Nesse caso, invista em uma t-shirt ou blusa de alça. Caso fique quente, você pode tirar e amarrar na cintura! Gostaram das dicas? Se gostou, já deixa aquele comentário. 😉

 

 

0 comment

Canal Youtube: Mom jeans

 

Quem gostam de calça mom jeans levanta a mão \o/

Eu e amo e vocês? Compartilhei no meu canal onde você encontra essas belezuras e  dei dicas styling de como usar essa peça. Ficou curiosa? Acessa o meu canal, e aproveita e já dá aquele like e se inscreve no canal!

 

 

0 comment

Playlist: Julho

Ohh, God, já estamos na metade do ano. A cada ano, o tempo vai passando mais rápido. Mês de julho é um mês muito mara. Mês dos cancerianos (por sinal me dou muito bem com esse signo), e minha lua é em câncer. Então, eu tenho uma pitada desse signo no meu mapa astral.

E para demonstrar o meu amour por esse mês, fiz uma playlist bem bacana que já está no meu Spotify. E não se preocupem: todo mês vai ter uma playlist nova.

Cada signo vai ter a sua playlist, então não fique triste! Agora vem curtir  um som  que está sucesso!!!

Aperte o play e  sinta essa vibe!

 

 

Beajos

0 comment

Projetos que inspiram: Blume

 

Quando admiramos um trabalho precisamos compartilhar e esse vai ser o primeiro post de muitos. Hoje, vou apresentar para vocês o novo projeto da Eliza Guerra.  Conheci a Eliza pelo Instagram (#novidade), como a maioria das minhas amizades mais recentes.

A Eliza é formada em publicidade e sempre buscou algo a mais na publicidade, algo que inspirasse outras pessoas. As fotos dela são tão inspiradoras que a @adorofarm sempre dá #repost e foi assim que eu descobri a Eliza. Então, dei um #follow nessa linda e me apaixonei pelo trabalho dela. Além do projeto com a @blublume, ela também tem um estúdio babadeiro chamado @estudiobingo, e sou louca para conhecer esse espaço!

Alôoo, BH, manda jobs para eu conhecer essa cidade linda, que já construí grandes amizades por aí!Na Blume, a Eliza não está sozinha. Ela conta uma minas muito maravilhosas e #grlpwr, como  a @maria_candida (inclusive, já falei dessa musa por aqui) e da @marieldodd (que morro de rir dos stories dela hahaha). Por favor, sigam todas! Há alguns meses, a Eliza veio pra cá e eu tive a honra de participar do projeto da @blublume. Para vocês entenderem melhor o projeto, entrevistei as meninas para contar um pouco sobre esse ele.

 

Vamos lá conferir a entrevista?

 

 

1) De onde surgiu a ideia do Blume?

Sempre tive uma conexão forte com as flores por ter morado na roça por anos da minha vida. Quando me mudei para a cidade, encontrei a paixão pela fotografia e, com ela, a vontade de me conectar com a saudade da infância. Era um momento de criação e aprendizado fazer as fotos do meu Instagram bem floridas. Quando dei por mim, já estava com um projeto super especial em mãos, unindo esforços de duas amigas talentosas (a Mariel e a Maria) que, de cara, já se apaixonaram pela vontade de unir flores e mulheres às nossas vontades de criar algo criativo e autoral.

 

2) O que significam as flores para a Blume?

As flores são como uma extensão das mulheres que fotografamos, uma representação da personalidade e da beleza de cada uma. Os editoriais têm força e ao mesmo tempo leveza, pois são fotos de mulheres inspiradoras com personalidades únicas.

3) A Blume reflete no estilo de vocês três? Fale mais de vocês três, o que cada uma faz.

A Blume é uma mistura do que nos toca. Trabalhamos muito juntas e compartilhamos vontades de fotos mirabolantes e de capacitar um trabalho mais autoral, sem medo do que possa parecer. Cada uma tem sua ousadia, seu olhar e sua hora de dar “a luz”, e, apesar de cada uma ter um papel diferente no projeto, a gente vive trocando os postos. Eu – fotografa, produtora, “tudo é possível”, escaladora dos lugares mais impossíveis de se alcançar para ter o melhor clique; a Maria Cândida – produtora, stylist, manja das belezas e looks mais inusitados, direto e reto vem guiar a máquina pra um ponto fora do óbvio; a Mariel – produtora, caçadora das novas estéticas, rainha do photoshop, vive suando a camisa para encontrar frases inspiradoras para as fotos e tem “um palpite a qualquer hora” para todas as partes do processo.

4) A Blume é um projeto recente e percebi que cada modelo que vocês convidam tem uma personalidade diferente. O que vocês buscam na hora de retratar para a Blume?

Até hoje não sabemos o processo real, se começamos pela flor, pela mulher ou pela estética/cenário. O mais legal é o ciclo criativo que temos com o projeto. A mulher que inspira a flor que inspira o cenário que inspira a flor, que inspira mulher… e por aí vamos. Até hoje tivemos a sorte de encontrar as conexões mais certas de mulheres e ‘universos blume’, o que nos inspirara a brotar as ideias mais diversas. Cada novo editorial, uma nova atmosfera.

5) Qual flor tem mais a cara da Lari?

Acho que o próprio ensaio já condena: a Lari tem cara de um arranjo, de diversidade e beleza! A gente curte o estilo do cabelo (que é surpreendente), o jeito que ela se veste com cores, ao mesmo tempo que tem flores delicadas tem o lado das flores fortes…Impossível escolher só uma 🙂

 

Para  ver mais fotos do projeto acesse o instagram da BLUME. É cada ensaio que você fica de boca aberta!

 

 

1 Comment

Trip Melissa: Fortaleza

Amores, estou sumida, né? Mas juro que quando eu sumo é por uma boa causa! Várias coisas aconteceram nesses últimos meses.

Fui convidada pela @melissaoficial para conhecer a nova coleção, que se chama Mapping. A coleção Mapping veio com novos olhares tanto para a tecnologia, cenário político e, claro, para a moda. A artista visual Verena Smit assina o logotipo da nova coleção.  Verena desenvolveu mapas de lugares fictícios, dando forma ao desejo de descoberta. E com essa pegada história/geografia, a @melissaoficial levou uma galera mara para conhecer sua fábrica, que fica em Fortaleza.

Foi uma experiência única! Conheci várias meninas muitos incríveis, a @gioserrano, @nutagws, @_jessicalobo , @blogstarving e a @vanessaguerra.

Sabe aquelas pessoas que combinam com a sua vibe? Essas minas são assim, total energia boa e papo da hora! Quero sempre rolê com vocês, por favor!

Eu sempre fui louca por melissa. Até hoje lembro que a minha primeira melissa era uma aranha, com aquele cheiro que é muito único, né? E conhecer a fábrica me fez resgatar a minha infância. Ver cada etapa da @melissaoficial sendo feita foi demais, um momento que vai ficar marcado para sempre na minha memória.

 

DESFILE:

Assim que chegamos no local do evento, eu fui movida pelo cheiro. Todas as pessoas usando @melissaoficial. E todos ansiosos para ver o que ia acontecer no local. Às 20h, começou o momento tão esperado por todos: a convenção da Melissa, dentro da própria fábrica. Foi lindo! O desfile contou com um casting impecável, com a presença de funcionários e modelos. Emocionante! Nos olhares dos funcionários dava para ver a alegria e satisfação por estar fazendo parte daquele momento.

Já estou com saudade @melissaoficial. Obrigada por essa oportunidade única e por vocês serem tão gente como a gente!

Amey fazer parte dessa trip. Já esperando a próxima!!

0 comment

Negra alisada sim, não sou menos negra por isso!

Foto por Blume

As pessoas sempre me veem falando muito sobre moda e beleza. Quando o assunto é “assumir seus cabelos naturais”, poucas pessoas sabem a minha opinião. Gosto bastante de escutar e observar o que todos falam sejam brancos ou negros: só fico observando.

E quando perguntam: “Lari, por que até hoje você não assumiu os seus cachos?”, olho para a pessoa com aquele olhar de Nazaré. E respondo: “Porque precisaria ter cachos para me afirmar negra?”

CLARCK BOOM!

Estamos em 2017 e, até hoje, eu e várias meninas negras alisadas escutamos isso. E eu me pergunto: até quando? Vamos lá sociedade, vamos falar sobre isso quantas vezes for necessário. Eu não vim para esse mundo para agradar ninguém!

Você, amiga cacheada que quer fazer todas as suas seguidoras seguirem os seus passo-a-passos de como cuidar de um cabelo cacheado: menos! Façam as leitoras que te amam, em primeiro lugar, se amarem do jeito que elas querem, seja cacheada ou não.  Se amem!

Eu amo as pessoas do jeito que elas são. Sejam cacheadas, carecas, trançadas ou lace. Todas precisam gostar de si mesmas do jeito que elas querem e desejam!

Muitas meninas me falam que têm medo de alisar o cabelo, porque as outras negras não vão aceitar elas desse jeito. Fico triste quando leio mensagens assim. Fico revoltada!

Não somos menos negras por isso. Vamos respeitar a vontade das nossas amigas alisadas, juntas somos mais fortes. Lembram?

Vejo várias campanhas e marcas incentivando os cachos e os cabelos naturais. Isso é muito bacana, porque por muito tempo o “natural” era visto como o indesejável. Mas cadê as marcas que incentivam as negras alisadas também? Cachos não devem ser regra para as meninas negras!

Nunca vi nenhuma marca com esse cuidado com as alisadas. E, se tiver alguma, me chamem para ser embaixadora!

Vou reforçar novamente, sou negra sim e faço tratamento químico sim e me amo muito, me acho linda e maravilhosa com os meus cabelos alisados. Você aí que ama a Rihanna como eu, lembra que ela já teve vários tipos de hair e uma das opções que ela sempre usou foi qual?

 

Não gostou? Aceita que doí menos.

 

1 Comment

II vídeo: youtube

 

A era digital, dominou nosso cotidiano.  Há um tempo atrás, nossa forma de comunicação era por telefone, cartas ou encontrar os amigos por caso. Hoje, apenas com um simples click, conseguimos conversar com os nossos amigos. Tentando fugir um pouco do digital, o meu segundo vídeo no canal, fala sobre câmeras analógicas.

 

Eu não sou  profissional nesse rolê, longe disso, mas adoro me aventurar  no role de fotografia analógica. Tirar um rolo de filme; encaixar a abinha de um filme de 35mm em uma bobina, tentando não expor muito o filme á luz , não tem preço que pague esse ritual.

É muito “fácil” tirar uma foto na câm digital, ver o que não ficou bom e refazer a foto. Na analógica o rolê é outro. Esperar as 36 poses do filme acabar para você ver o resultado.

 

Já dei spoiler demais por aqui, agora corre e vai para o meu canal !

0 comment

10 perfis no Instagram de brasileiras que são pura inspiração

 

Eu sou a stalker de achar instas que são pura inspiração. E, claro, que não iria de deixar de compartilhar com vocês. Então, separei 10 perfis no Instagram que visito todo santo dia! Vamos lá:

1)Tereza Mc Courtney

Quando entrei no Instagram da Tereza, sabia que ia me inspirar. Os desenhos e a forma como ela conduz suas pinturas são muitos delicados. E isso me atraiu bastante.

2) Mahadia

A Mahadia comentou em uma foto minha e como eu sou curiosa fui olhar o feed dessa linda. E me apaixonei por suas fotos contrastadas e coloridas.  Essa deusa é africana, mas está passando uma temporada aqui no Brasil. Já vamos ser amigas?

3) Anne Barreto

 

Com a Anne foi amor à primeira vista. A gente se amou logo de cara e começamos a nos seguir. Anne é modelo, youtuber, dona de sorriso total good vibes e o estilo dela eu nem preciso dizer, né? Queria dar um rolê do closet dela e garimpar várias peças.

4) Maria Candida

 

Quer seguir alguém das modas e que manja dos parangolé tudy? Segue esssa maravi-musa. A Marie é a stylist que você respeita. Quando ela posta uma foto, eu já sei que vai chover unicórnios de inspiração.

5) Monique Morais

Nós nos conhecemos no projeto da @anacapri ano passado. E parecia que conhecia a Moniquis há muito tempo. Deu onda entre a gente! Hahahaha. Ela tem uma marca incrível chamada @calistoree, com várias roupichas baphôs e acessórios lindos! Seguem lá e comprem tudo por favor!

6) Ludmila Lucena

Conheci o feed da Lud faz umas semana e de cara já amei. É aquele feed que você para e disse: “nossa, queria essas fotos pra mim!”

7) Lara Dias

Quem me acompanha no insta viu que eu e a @laradias nos conhecemos pessoalmente. Adoro conhecer minhas cybermigas pessoalmente!!  A Lara é jornalista, aquarelista e fotógrafa. E agora viramos uma dupla sertaneja Lara&Lari. Vocês vão ouvir falar muito da gente. (risos)

Como muitas pessoas andam dizendo por aí, nós somos irmãs de mães diferentes! A Lara é muito talentosa e cada foto que ela posta é um suspiro de alegria.

8) Jessica Mello

A Jess também é uma das minhas cybermigas, e tive a oportunidade de conhecer ela pessoalmente também. Foi rapidinho, mas já adorei.  Gosto bastante das composições que ela faz com as peças. E o modo como ela mistura as cores!  Ela é uma Pantone da vida real!

9) Maýra Motta

 

A May parece uma rainha. Não só parece, ela é uma rainha! A voz dessa mulher é  maravilhosa a forma como ela canta, e como ela conduz a música e divino. Ela me faz lembrar a atriz Harlle Berry.

 

10) Yasmin Costa Gomes

E para fechar essa lista de musas, apresento a vocês a Yah. Ela parece uma índia! Me apaixonei pelo cabelo dela e todas as suas fotos! Vamos ser amigas também, cara!!

Existem muitas meninas inspiradoras nesse Instagram, que não conhecemos ainda. E vou sempre mostrar essas divas para vocês.

Beajos

 

0 comment